GULBENKIAN PRÓXIMO FUTURO

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none
  • none

A peça Puto Gallo Conquistador vai ter a sua estreia europeia no Palco do Grande Auditório da Gulbenkian nos dias 5 e 6 setembro às 21h. A coreografia e coprodução é de Tamara Cubas/Programa Gulbenkian Próximo Futuro.

Puto Gallo Conquistador questiona, a partir do imaginário colectivo, o passado e o processo colonial no Uruguai, onde a população indígena e a sua língua foram extintas. Numa história plena de lacunas e episódios não solucionados colectivamente, com versões que procuram dar significado ao seu presente terceiro-mundista e periférico, Tamara Cubas joga com a história preenchendo as suas lacunas, modificando e ficcionando sucessos, dando “cor” à precariedade que a história oficial relata. Procura narrativas a partir de um ponto de vista não ocidental, descolonizado e subalterno. Tamara Cubas é uma das mais luminosas coreógrafas da América Latina.

Tamara Cubas nasceu em 1972 no Uruguai. Formada em Artes Visuais e Dança Contemporânea, as suas criações cénicas têm uma forte componente visual. Nos últimos anos tem desenvolvido um trabalho de investigação em torno da memória e do passado recente, através da fotografia, do vídeo e da performance. Em março de 2013, Tamara Cubas apresentou no Negócio (Galeria Zé dos Bois, Lisboa) a peça Actos de Amor Perdidos, e no mesmo local dirigiu o workshop “El Derecho a ejercer la memoria”.


Entrevista com Tamara Cubas

dias 5 e 6 setembro, 21h, Palco do Grande Auditório Gulbenkian

Ficha Artística e Técnica

Coreografia: Tamara Cubas
Elenco: Santiago Turenne, Javier Olivera, Maite Santibañez, Sergio Muñóz, Carlos Bortagaray
Iluminação e cenografia: Leticia Skrycky e Santiago Tricot
Música: Ezequiel Rivero
Produção: Nacho Fumero

13431761083_306e4cd0f1_o

ARTIGOS RELACIONADOS

Artigos Recentes

Diários do Umbigo