DIÁRIOS DO UMBIGO

  • none

"Winter is coming". Andam há uma porrada de tempo a dizer isto no Game of Thrones, mas agora parece que é mesmo a sério. Está na altura de arrumar os vestidos de Verão e calçar as galochas, enquanto os dias acabam bem mais cedo. Como “summerholic” que sou, também me apetece logo ir buscar as facas de plástico. Mas, desta vez, resolvi deixar os talheres em paz e pensar nas coisas boas do Inverno.

Por muito que me custe a admitir, a verdade é que o Inverno é o parente rico do Verão : as cores tornam-se mais profundas e as texturas mais complexas; em vez de estar tudo à flor da pele, temos que descobrir as pessoas por debaixo de camadas e camadas de lã. No fundo, o Verão é a adolescência. O Inverno é o resto da vida.

Como qualquer viciado, também eu sigo os passos da redenção. Não são doze, mas são imagens e músicas - novas, antigas e emprestadas - que me lembram que enrolar-me numa manta no sofá, com a chuva a cair lá fora, pode ser tão bom quanto deitar-me na areia e (es)preguiçar ao sol. E que tudo mais vá para o Inferno.

1 - A última música do Verão: Erlend Øye – La Prima Estate

2 - A primeira música do Outono: Colette Magny – Rock Me More And More

3 - Cate Blanchett, na edição Outono/Inverno 013-014 da AnOther Magazine

Cate Blanchett

4 - Old Lace, by Adriana Molder

Adriana-Molder_Old-Lace

5 - Airhead, Wait, do álbum For Years

6 – As peças da designer Sandra Backlund fotografadas por © Denise Grunstein (2010)

Denise-Grunstein_

7 – Gill Scott-Heron, em My Cloud

8 - Penny and the Quarters – You and Me

9 – The End of the Affair (Neil Jordan, 1999)

The-End-of-the-Affair

10 – Moon River, Henri Mancini (Breakfast at Tiffany's, Blake Edwards, 1961)

Diários do Umbigo

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: