MÚSICA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none
por

Fotografias: Mariana Martins de Oliveira.

A partir da mesa colocada na entrada, entre aquela escadaria em pedra e o aquário, pode-se antever o universo multifacetado de Filipe Felizardo. Ao contrário do que é normal e juntamente com os vinis temos exemplares do livro O Subtraído à Vista (Chili Com Carne) da fanzine Mucomorphia#1 (edição de autor) e o cartaz/convite, em formato muito próprio, numa mistura de caracteres orientais e ocidentais, remetendo para o sempre salutar cruzamento de diferentes linguagens e abordagens tão caro ao autor. No caso concreto desta residência que a ZDB acolhe, recordemos o extrato do texto de apresentação de BS: "Partindo de uma banda base formada pelo próprio e por Tiago Silva nas guitarras e por Gabriel Ferrandini na percussão denominada Filipe Felizardo & The Things Previous e com design de luz de António Júlio Duarte, Felizardo irá procurar com mais detalhe e num terreno que lhe é novo, todas as preocupações e referências que têm vindo a assombrar a sua música – blues, música tradicional japonesa e noise rock – abrindo espaço a mais colaboradores – prevendo-se desde já sopros e shruti boxes – naquela que é de acordo com ele e em última análise uma banda de rock, mas uma banda de rock bem diferente. E acima de tudo uma celebração de amor."

No passado dia 15 de Março tivemos a oportunidade de assistir à segunda apresentação de Filipe Felizardo & The Things Previous. Mais uma vez assombroso na contensão, surpreendente na disposição dos músicos em palco, enigmático na capacidade que tem na criação de ambientes hipnotizantes. Aguardando ansiosamente pela terceira sessão.

FilipeFelizardo-1
FilipeFelizardo-2
FilipeFelizardo-3
FilipeFelizardo-4
FilipeFelizardo-5
FilipeFelizardo-6
FilipeFelizardo-7
FilipeFelizardo-8
FilipeFelizardo-9
FilipeFelizardo-10
FilipeFelizardo-11
FilipeFelizardo-12

ARTIGOS RELACIONADOS

Música

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: