Top

Quarto Blindado: Fernão Cruz no Centro Internacional das Artes José de Guimarães

Fernão Cruz apresenta-nos Quarto Blindado no Centro Internacional das Artes José de Guimarães, uma exposição integrada no ciclo Nas Margens da Ficção, que conta com a curadoria de Marta Mestre.

A sala do Centro ocupada por Fernão Cruz estende-se vertical e horizontalmente, permitindo e desafiando o artista à ocupação de um espaço amplo, bem como à manifestação da ambição criativa no momento de produção. Quarto Blindado divide-se em três planos: o chão amarelo marca a entrada na sala e corta a ligação espacial com as exposições que a precedem; um segundo nível terrestre, ocupado por um conjunto de figuras esculpidas pelo artista; por fim, um terceiro nível, acessível apenas ao olhar, onde está pendurado um conjunto de painéis pintados em pano cru.

Os diferentes níveis relacionam-se com os diferentes momentos da exposição, iniciando com Atalho para casa nenhuma, um conjunto de objetos espalhados pela sala, com uma disposição que sugere aleatoriedade. Entre a câmara de vigilância, o macaco que trepa umas escadas e todo um conjunto de figuras que, não pertencendo a lado nenhum, habitam harmoniosamente o espaço, surge Jantar para oito, que dispensa explicação. Oito figuras juntam-se para jantar, um comportamento estranho pela falta de estranheza no contexto fantástico de Quarto Blindado. A acompanhar esta movimentação estática terrestre, estão 10 Notes on Solitude, os painéis pintados, pendurados na parte superior da sala. Estas pinturas, feitas com base nas gravuras de F.D. Bedford para o livro Peter and Wendy, de J. M. Barrie, são referentes ao sonho do rapaz que se recusava a crescer. Quarto Blindado é um espaço que se retira da realidade e nos dá acesso a um ambiente de sonho, construído segundo a dualidade do pensamento de um “crescido” que, através do seu conhecimento, percebe que não quer crescer – preso entre o peso da realidade e a impossibilidade do sonho.

Nas Margens da Ficção é um ciclo expositivo focado na narrativa e no espaço entre a história contada, a história percecionada e a história vivida. Quarto Blindado é a proposta de Fernão Cruz para um espaço de refúgio dentro da narrativa. Este ciclo de exposições está patente no Centro Internacional das Artes José de Guimarães até 5 de setembro.

Licenciada em Artes Plásticas – Pintura pela Faculdade de Belas-Artes da Universidade do Porto. Frequenta atualmente o Mestrado em Crítica, Curadoria e Teorias da Arte na Faculdade de Belas-Artes da Universidade de Lisboa. É cofundadora e editora da revista Dose, fundadora do espaço de estúdios para artistas o.estúdio no Bonfim, Porto, e trabalha atualmente enquanto artista plástica e curadora freelancer.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €25

(portes incluídos para Portugal)