Top

5 Sugestões Culturais: Gabriela Albergaria

O que podemos fazer por casa? Ou que sugestões culturais nos podem ajudar a navegar em tempo incerto? De um livro a um podcast, álbum ou filme, aqui ficam as recomendações de artistas, curadores, galeristas, ativadores culturais, amigas e amigos.

Vamos partilhar a receita do que melhor nos faz, para seguirmos unidos e positivos.

A UMBIGO tem vindo a partilhar a secção 5 sugestões culturais desde o início da pandemia.

_

Revista

The New Yorker

Ler a revista The New Yorker ficou um vício desde que vivi em Nova Iorque. É uma revista onde o jornalismo é de extrema boa qualidade. E as noticias são abrangentes e não apenas locais.

Rádio

FIP

Gosto muito da rádio FIP, que faz parte da Radio France e apresenta quase 100% do tempo apenas música. Por ser muito ecléctica é uma boa companheira dos dias de trabalho mais solitários.

Banda Desenhada

Le Journal de mon père
Jirô Taniguchi

Aprendi a gostar de banda desenhada e há um autor que gosto bastante que se chama Jirô Taniguchi. Por exemplo Le Journal de mon père.

Livros

Rapariga, Mulher, Outra
Bernardine Evaristo
Elsinore
2020

Acabei de ler dois livros que gostei bastante. Um mais conhecido da Bernardine Evaristo, Girl, Woman, Other e que é bastante interessante do ponto de vista de países colonizadores.

Direitos da Natureza
Eduardo Gudynas
Editora Elefante
2019

O outro livro foi Direitos da Natureza, de Eduardo Gudynas, com tradução para o português de Igor Ojeda (Editora Elefante, 2019) – onde “se aborda os conceitos e as lutas sociais que passaram a tratar a Natureza como sujeito de direitos, e não como mero objecto de exploração”.

Podcasts

Adoro podcasts, até mesmo como oposição à obsessão da imagem!
The Great Women Artists
On Being with Krista Tippett
Stuff you should know
Talk Art
Seriously
99% Invisible
Invisibilia
(…)

Um muito podcast especial que gostei muito está associado a uma exposição, The Botanical Mind, no Camden Art Centre, e é extremamente bom e uma outra forma de apresentar trabalho visual na versão verbal. Normalmente não gosto muito da palavra associada a trabalho que é
visual, mas este podcast é bastante completo – e, se visitar o site, complementa bastante. Para mim foi um dos casos de site mais bem sucedido, apresentado logo no início do primeiro lockdown!

_

Gabriela Albergaria (1965, Vale de Cambra, Portugal) vive e trabalha em Bruxelas e Lisboa. Expõem regularmente desde 1999.

Usa a fotografia, desenho, instalação e escultura no desenvolvimento de uma linha de obras que tomam a relação do homem e natureza como ponto de partida. As referências sociais e coletivas entrecruzam-se com memórias pessoais e subjetivas das suas experiências.

Uma seleção das suas exposições individuais mais recentes inclui: Nature Abhors a Straight Line Fundação Culturgest, Lisboa; …an adventure in which humans are only one kind of participant… Galeria Vera Cortês, Lisboa Portugal; Natures’s Afterlives, Sapar Contemporary, New York (2019); Pinch Pinch Pinch, Projeto Intervenções, Museu Lasar Segall, São Paulo, Brasil (2018); Ah, Al Fin Naturaleza, Flora ars+natura, Bogotá, Colômbia,(2016); Ah, Finalmente, Natureza, Fórum Eugénio de Almeida (Évora, 2015).

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €25

(portes incluídos para Portugal)