Top

Lisbon Art Weekend apresenta a sua segunda edição de 13 a 15 de novembro

É já este fim de semana, de 13 a 15 de novembro, que a cena artística lisboeta se dá a conhecer ao público através da iniciativa trazida, no final do ano passado, por Marc Kean Paker e Merve Pakyürek. Trata-se da segunda edição do Lisbon Art Weekend, um evento que visa “celebrar o panorama da arte contemporânea portuguesa” na capital – mesmo num ano tão atípico como este.

Apresentar-se-ão mais de 80 artistas nacionais e internacionais em 26 espaços expositivos de Lisboa, sendo que, para além das exposições propriamente ditas, a programação do evento compreenderá diversas atividades com estas relacionadas: performances, visitas a estúdios, conversas online, entre outras.

Em 2020, o Lisbon Art Weekend convida o público a visitar as exposições individuais e coletivas agora patentes nalguns dos espaços já incluídos na programação do ano passado, aos quais se juntam mais uns tantos – são eles: 3+1 Arte Contemporânea, AZAN, Balcony – Contemporary Art Gallery, Belo Campo, Carpintarias de São Lázaro, Cristina Guerra Contemporary Art, DUPLEX | Artists in Residence, Galeria 111, Galeria Belo-Galsterer, Galeria Bruno Múrias, Galeria Filomena Soares, Galeria Foco, Galeria Francisco Fino, Galeria Miguel Nabinho, Galeria Vera Cortês, Galeria Zé dos Bois, Galerias Municipais/EGEAC (Galeria Avenida da Índia e Pavilhão Branco), Kunsthalle Lissabon, Madragoa, MONITOR Lisbon, MOVART, NO·NO Gallery, SOKYO Lisbon, Thirdbase Studio, UMA LULIK__ e Underdogs Gallery.

Traça-se assim um percurso pelas mais relevantes mostras de arte contemporânea da capital, onde se fazem representar Ad Minoliti, Adrien Missika, Ana + Betânia, Ana Jotta, Ana Pérez-Quiroga, António Bolota, Ascânio MMM, Daniel V. Melim, Fernanda Fragateiro, Horácio Frutuoso, João Ferro Martins, Kimiyo Mishima, Mário Belém, Rodrigo Hernández, Rosana Ricalde, entre muitos outros.

De salientar as performances de Daniel V. Melim (MONITOR Lisbon) e Gustavo Sumpta (Carpintarias de São Lázaro). Haverá lugar a conversas com os artistas representados nalgumas destas exposições: Ana Jotta (Galeria Miguel Nabinho), Fernanda Fragateiro (Galeria Filomena Soares), João Ferro Martins (Pavilhão Branco), Renzo Marasca e Paulo Brighenti (Galeria Belo-Galsterer) ou Rita GT (MOVART), por exemplo.

Sublinhe-se que algumas das atividades do programa do Lisbon Art Weekend terão lotação limitada e requererão inscrição prévia. Importa consultar os horários dos espaços antes de os visitar, uma vez que as limitações à circulação poderão implicar alterações significativas (incluindo antecipações para sexta-feira!). É justamente para fazer face às restrições atuais que a organização do evento optou por transmitir algumas destas atividades através das suas plataformas online (Instagram e YouTube).

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €24

OFERTA — Tote bag 18 anos

(portes incluídos para Portugal)