Top

5 Sugestões Culturais — Yuri Firmeza

O que podemos fazer por casa? Ou que sugestões culturais nos podem ajudar a navegar em tempo incerto? De um livro a um podcast, álbum ou filme, aqui ficam as recomendações de artistas, curadores, galeristas, ativadores culturais, amigas e amigos.

Vamos partilhar a receita do que melhor nos faz, para seguirmos unidos e positivos.

Desde o início da pandemia, a UMBIGO convida quinzenalmente uma pessoa a partilhar as suas 5 sugestões culturais.

Yuri Firmeza

Álbuns

Rolê Nas Ruínas
2020

Disco de estréia de Mateus Fazeno Rock lançado em 2020. Chamo especial atenção para o vídeo clipe da 6ª faixa intitulada Melô do Djavan. Musicalmente com influências do grunge – a referência direta de Smells Like Teen Spirit, do Nirvana, por exemplo, aponta nas letras o racismo estrutural de um mundo em ruínas. O clipe, filmado com celular, incorpora a máxima punk: faça você mesmo. Ou, nos versos de Mateus “faço como posso, quase que não posso, faço mesmo assim…”. Disco & Clipe

STAXXTS.E
2020

Décimo disco de estúdio do projeto URO – realizou outros sete discos ao vivo com outros artistas. O URO, que existe desde 2000, é um projeto de Uirá Dos Reis que integra poesia, instalação, performance e música. Uirá Dos reis, entre outras coisas, tem diversos livros de poesia publicados, co-dirigiu o longa-metragem Doce Amianto e dirigiu uma série de curtas-metragens, além de ter atuado em vários filmes. Dentro da constelação do trabalho de Uirá Dos Reis esse disco nos convoca a ouvi-lo repetidamente e parar para ouvir com atenção todos os outros. Discos

Brô Mcs
2017

o disco e o grupo Brô MCs cantam em português e em guarani a resistência dos povos indígenas Guarani Kaiowá. Os integrantes, Bruno Veron, Kelvin Peixoto, Clemersom Batista, Charlie Peixoto que vivem nas aldeias Jaguapirú e Bororó, em Dourados, Mato Grosso do Sul, região do Brasil onde o agronegócio se alastra e dizima os povos indígenas. Os Brô Mcs apontam o etnocídio em suas letras e batidas eletrônicas. Disco

Catálogo

Pernambuco Experimental

Catálogo da exposição homônima ocorrida no Museu de Arte do Rio conta com textos de Clarissa Diniz (curadora e também organizadora do catálogo), Adolfo Montejo Navas, Zanna Gilbert, José Cláudio e Jomard Muniz de Britto. Apresenta uma paciente e precisa pesquisa da produção pernambucana entre os anos 1900 e 1980 que nos reposiciona diante do modernismo brasileiro. Chamo atenção para a cena musical pernambucana contemplada na exposição com Ave Sangria, Flaviola, Lula Côrtes, entre outros.

Livro

Ingenuidade Inocência Ignorância
Raquel Lima
2019

Primeiro livro, na verdade um audiolivro, da poeta pesquisadora e performer Raquel Lima. Raquel Lima pesquisa o que ela denomina de oraturas, memórias das vozes, memórias nas vozes, ativadas por performances. O audiolivro traz 11, dos 24 poemas, gravados em 38 minutos de duração de uma escrita/leitura performativa. Como diz Cidinha Silva no prefácio “são palavras bem fincadas na terra”.

Yuri Firmeza é artista e professor do curso de Cinema e Audiovisual da Universidade Federal do Ceará. Participou de festivais de cinema e exposições em diversas cidades do Brasil e do exterior, entre as quais a 31ª Bienal Internacional de Artes de São Paulo, 14th Biennale Jogja: Stage of Hopelessness – Yogyakarta/Indonesia; 21st Videoex – International Experimental Film & Video Festival Zurich/ Switzerland; 64th e 62nd International Short Film Festival Oberhausen/Germany e a exposição individual Turvações Estratigráficas, no Museu de Arte do Rio.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €24

OFERTA — Tote bag 18 anos

(portes incluídos para Portugal)