Top

Music for the Weekend #004 — Vocoder

O vocoder sempre me fascinou. Talvez por causa da minha profissão, talvez pelo meu amor desde tenra idade pela música eletrónica, fascínio esse induzido através da escuta, por volta de 1975, do Autobahn pela mão de um primo meu vindo da cidade da Beira em Moçambique.

Nascido de uma necessidade nas telecomunicações, a 12 de Junho de 1928 Homer Dudley, um físico da Bell Laboratories, recebia a permissão de patente (US#2, 121, 142) para avançar com a produção de um “system for the artificial production of vocal or other sounds”. Um sintetizador de voz que na verdade nunca o foi, porque como instrumento musical funciona como a junção da voz e da melodia que é tocada, carrier effect for a grand illusion, os robots estão entre nós, o futuro é agora, yada yada…

Foi engraçado fazer esta compilação, nestes tempos em que quase todas as vozes que se ouvem na música popular tem um maneirismo de Auto-tune esquece-mo-nos como todas estas canções invocavam un avenir tellement brillant que teríamos de enfrentá-lo de óculos escuros.

A maioria das escolhas recaem, logicamente no período áureo da utilização do vocoder, fins de 70 até meio-dos-oitentas, coisas que eu dancei na altura até à exaustão (garantia da idade é não termos de descobrir nada disto pelo YouTube). O mestre Roger (Zapp) Troutman, Herbie, Haack, Giorgio, Johnny Guitar Watson (fuck it, o talkbox é um vocoder), evitando os lugares comuns ou mesmo foleiros como Jarre, T-Pain, Floyd… In the Air Tonight podia ter entrado nesta escolha mas não consigo ouvi-la sem pensar em gorilas bateristas a publicitarem a Cadbury e também porque estas seleções tem um limite de 40 músicas. É a beleza de isto não ser feito no Spotify.

Espero que gostem, nestes tempos em que estamos fechados em casa é importante lembrar que o som destes autómatos é feito com a voz humana. Telefonem a alguém distante, assim num impulso out of the blue, só para saber se estão bem, para lhes dizerem que do vosso lado também está tudo OK.

E tenham um bom fim de semana.

#staysafe #musicfortheweekend

Amor, paixão, alegria. E outros estados da alma induzidos por sexo, drogas e rock 'n' roll. Dandy, bon vivant e outros anglicismos que não são para aqui chamados. Pai babado, apaixonado inveterado por tudo o que seja de "agora" mas numa profunda mas recatada admiração por tudo o que "já foi". Europeu com raízes asiáticas numa sôfrega vontade de ter, ser e ver todo o mundo. Music was my first love / and it will be my last

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €24

OFERTA — Tote bag 18 anos

(portes incluídos para Portugal)