RESULTADOS DA PESQUISA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

‘Teatro Maria Matos’

  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
  • none

Fotografias: José Frade. Acenderam-se as luzes e a sala assumiu tons amarelos ao som de alguns aplausos que ainda se ouviam. Cruzaram-se olhares sorridentes entre amigos enquanto outros pareciam ainda despertar de um leve sonho de profilaxia. Levantamo-nos lentamente quase em silêncio ou em vozes baixas que se misturam umas nas outras com as clássicas […]

  • none
  • none
  • none
  • none
  • none

Fotografias: Alípio Padilha. Uma mão alisa. Plaina a terra. Na subtileza e na certeza de todo o tempo do mundo haver para polir. Gesto apaziguador. Aparentemente. Imediatamente após, a mesma mão escava um buraco. Corta os pés de um ramo de salsa e espeta-o na terra. É um arbusto. Outro gesto apaziguador. Outra aparência encantadoramente […]

  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
  • none

Fotografias: José Frade. Nove anos após a voragem da Expo’98 e os vazios urbanos tornam-se o tema agregador da primeira Trienal de Arquitectura de Lisboa. A compreensão que a malha nunca é um contínuo, antes a sucessão de cheios e vazios. A tipologia é vasta – os terrenos sobrantes, as antigas zonas industriais/portuárias ou os […]

  • none
  • none
  • none

“I have nothing to say and I am saying it” Por vezes as palavras custam a sair. Como explicar algo tão complexo e ao mesmo tempo tão subtil que mais parece roçar o absurdo? E as palavras que escolhi para título deste texto – uma das citações mais conhecidas de John Cage – dizem exactamente […]


Artigos Recentes

Diários do Umbigo