RESULTADOS DA PESQUISA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none

(poemas de Maria Fernandes para fotos e títulos de Fedra Espiga Pinto) — A Morte do Ofício (pois que jamais este habitou o génio [psicossomático] dos visados – estes retratar-se-ão. ou não) A ruína dos ideiais clássicos fez de todos artistas possíveis e portanto, maus artistas. Quando o critério da Arte era a construção sólida, […]

  • none

(poemas de Maria Fernandes para fotos e títulos de Fedra Espiga Pinto) – stand by for a while as for some little flames purchased as huge frames (drawn to fill up hearts) we are all eager now so stand here, stay we’ll be all coming back from those dreams where shadows apply for reason any […]

  • none

(poemas de Maria Fernandes para fotos e títulos de Fedra Espiga Pinto) – está mesmo atrás de ti o cheiro acre da tua insanidade ora, repara como em Retalhos se afigura a curva desta possibilidade saber que por aqui não vale a pena espreitar – sequiosos – a alvura de uma qualquer aurora des(d)enhada o […]

  • none

(poemas de Maria Fernandes para fotos e títulos de Fedra Espiga Pinto) – haviam detonado uma após outra as minas judas-de-vidas que surgiam em filas de urgências e epidemias num ápice a ordem instalada instada a olhar-nos desde o sempre-cosmos – tanta pressa para quê se a reivindicação de mortes dura ainda até ao fim […]


Artigos Recentes

Diários do Umbigo