JOALHARIA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none

Recentemente, em 20 de Fevereiro de 2017, Liliana Guerreiro – designer de joias portuguesa – recebeu um prémio destacável na Inhorgenta, em Munique, Alemanha. Trata-se de uma feira internacional de primeirísima linha europeia, onde anualmente são atribuídos prémios a designers e a artistas do campo da joalharia. Nesta feira é comum haver um júri que aprecia e elege as peças premiadas. Ao contrário de outros casos, neste ano a peça foi eleita online por votação do público. Este facto ocorreu após a pré-seleção de trinta e três peças pelo júri deste ano.

LilianaGuerreiro-3
Divulgação do prémio Inhorgenta 2017

O colar Elementos, distinguido com o prémio “Melhor Peça de Joalharia”, é uma reinterpretação contemporânea da técnica tradicional da filigrana portuguesa. Liliana Guerreiro é uma percursora do design de joalharia contemporânea portuguesa. Natural de Viana do Castelo, encontrou na filigrana a inspiração para o seu trabalho, desconstruindo a complexidade da técnica ao recorrer aos seus elementos primários – o filum (fio) e o granum (grão). A designer estabelece um diálogo entre a mestria desta arte e um design minimalista e depurado, criando peças complexas na técnica, mas delicadas na forma. Elementos é um fiel retrato do seu conceito singular. O fio de ouro delicado e muito fino (cerca de 0,2mm) é enrolado com perícia e técnica, tecendo uma textura irregular e orgânica, que transmite a perceção de movimento permanente.

LilianaGuerreiro-1
Colar Elementos, 2017

Liliana Guerreiro elaborou o design do colar Elementos, o qual foi realizado em Travassos pelos irmãos Joaquim e Guilherme. Como noutras ocasiões anteriores, revelou a intenção de partilhar este momento e a representatividade do prémio que recebeu com estes dois irmãos, como sempre, numa perspetiva de design social. Declara na folha de divulgação do prémio: “é uma honra, não só porque se trata de um importante reconhecimento do meu trabalho, mas sobretudo porque valoriza aquilo que a joalharia portuguesa representa atualmente: a aliança entre a herança da tradição e a visão contemporânea do design. É por isso que partilho este prémio com os dois grandes mestres artesãos, Guilherme e Joaquim Rodrigues, que produziram esta peça premiada.”

LilianaGuerreiro-2
Liliana Guerreiro na oficina de Joaquim e Guilherme Rodrigues

Este prémio segue-se a outros que Liliana Guerreiro já recebeu, subindo cada vez mais alto numa carreira já bem consolidada internacionalmente. Em 2007 venceu o 1º Concurso Internacional de Filigrana e já foi convidada para expor coleções no MoMa (Museu de Arte Moderna), em Nova Iorque, e no Museu de Arte e Design (MAD), também em Nova Iorque. Trabalha uma sequência de coleções, nas quais se salientam Leveza, Fio, Elementos, Malha, Bocais, Cheio de Ramo, Era e Estrutura. Estas podem ser atualmente encontradas nas mais prestigiadas galerias de arte e lojas em todo o mundo, tendo como mercados prioritários os EUA, Bélgica, Suíça e Japão. Em Portugal, tem peças à venda nas lojas Elements (Porto e Lisboa), no Museu de Serralves, no Porto, e através da sua loja online.

ARTIGOS RELACIONADOS

Joalharia

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: