FOTOGRAFIA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none
por

Fotografia e Conceção: Flavio Colker
Styling e Casting: Gabriela Mourato
Com: Gabrela Mourato, Ana Fay, Mille Areal e Mari Zampi.

A imagem erótica leva o desejo para o olhar e lá ele se satisfaz. A imagem que deslumbra o olhar com o desejo sem usar do sublime estético e usando da imaginação narrativa, a narrativa da masturbação por exemplo. A imagem erótica não propõe qualquer jogo lógico sofisticado para a sensibilidade. Ao contrário: uma certa vulgaridade, no sentido da ausência de introspeção e degraus lógicos a serem percorridos pelo olhar, comuns no trato com a arte, é necessária.

A imagem erótica satisfaz o desejo através do olhar e só. Levo essas imagens vulgares para o espaço da galeria com a decisão de legitimar o olhar de volúpia dentro do espaço simbólico da arte. Seria apenas insolência se não houvesse sempre latente, um impulso contraditório do olhar em ora se satisfazer com a compreensão ora com a volúpia. Seria apenas gauche se a questão da liberdade sexual não precisasse de novo ter seus limites checados.

A Visita... faz a reencenação de um erotismo outdated pelas novas identidades e politicas sexuais. O cenário é proximo do cinema erótico europeu dos anos 60… e também da revistinha de sacanagem. Uso às vezes de clichés consagrados da foto erótica e do pornô.

Mapplethorpe em uma de suas frases mais brilhantes disse que queria para suas fotos a visceralidade do olhar sobre a pornografia e o erótico.

FV8

FV1

FV3

FV5

FV6

FV14

FV9

FV11

FV12

FV7

FV13

FV15

FV2

ARTIGOS RELACIONADOS

Fotografia

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: