ARTE

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none
por

Sonae Media Art, o maior prémio nacional de arte na área dos novos media atribui 40 mil euros ao vencedor.

Trata-se de uma iniciativa da Sonae em parceria com o Museu Nacional de Arte Contemporânea – Museu do Chiado (MNAC-MC) cujo objetivo reside no estímulo da criação artística em formato inovador.

O prémio bienal, iniciado em 2015, distinguiu a artista Tatiana Macedo com a sua obra 1989. Nela a artista explorou o meio videográfico e fílmico, através de uma tripla projecção com som espacializado. Na altura em entrevista à Umbigo a artista revelou que "desde o início que a minha ideia era fazer um tríptico. Não trabalho com nada muito pré-definido, muito controlado. Os meus guiões são formados por associações de ideias e relacionam o campo das imagens com o campo das ideias, de forma bastante fluída."

Tatiana-Macedo

Os cinco artistas selecionados serão conhecidos no final do mês de fevereiro e receberão uma bolsa de cinco mil euros para a criação de uma obra inédita, que será exposta no MNAC-MC em 2017. O vencedor do Prémio será escolhido entre os cinco finalistas, através de uma avaliação das obras em exposição.

O Prémio Sonae Media Art dirige-se às formas de criação artística contemporânea que utilizem meios digitais e eletrónicos, nas áreas de vídeo arte, projetos sonoros, projetos de exploração do virtual e da interatividade, bem como propostas de network, em que poderão estar incorporadas outras formas de arte como a performance, a dança, o cinema, o teatro ou a literatura.

As candidaturas estão abertas a todos os artistas de nacionalidade portuguesa ou a estrangeiros residentes em Portugal, com a idade máxima de 40 anos, inclusive. Consulte o regulamento neste link.

ARTIGOS RELACIONADOS

Arte

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: