ARQUITECTURA

logo_facebook logo_twitter logo_tumblr logo_instagram 

  • none
  • none
  • none
  • none
  • none

No contexto da iniciativa locomotiva promovida pela Porto Lazer, é apresentado um projecto que reflecte uma nova abordagem arquitectónica e artística para o que é uma realidade presente na cidade do Porto: os espaços devolutos.

A estrutura chama-se Metamorfose e a ideia pertence à equipa de arquitectura FAHR 021.3. Materializa-se numa estrutura metálica verde, integrada no espaço vazio que ocupa a zona da estação de São Bento. Esta “metamorfose” ganha vida onde se encontra o degradado. Dá lugar à imaginação de quem a observa e, tirando partido de um espaço outrora vazio, faz entender este novo cenário na cidade do Porto.

metamorfose-1

A malha metálica é constituida por seis toneladas de aço, 28 metros de extensão, 11 de altura, cinco de profundidade e tem na sua génese 200 interseções, todas elas diferentes. Em consonância com os princípios da equipa criativa, a intensão plástica que interrompe os formalismos e quebra as regras de construção, demonstra a intenção de surpreender e desafiar todos os que por lá passarem. Muda a visão emblemática e dá uma nova vida ao centro histórico da cidade do Porto.

metamorfose-2

“Só desta forma faz a Metamorfose sentido para a dupla FAHR 021.3. A excepção provoca. A disrupção desafia. A conversa inicia-se. Entre a cidade e a estrutura. A Metamorfose desperta-se. As interpretações são incontáveis e a intenção é atingida.”

A Building Pictures (empresa especializada em vídeos de arquitectura) realizou um vídeo sobre este projecto que nos faz entender um pouco sobre esta intenção.

ARTIGOS RELACIONADOS

Arquitectura

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: