MÚSICA

  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
  • none
por

Fotografias: Alípio Padilha.

"We are the showroom dummies"

A segunda noite do Jameson Urban Routes teve início com a banda Keep Razors Sharp, uma estreia feliz. O concerto de lançamento do seu primeiro álbum foi fresco, de um rock luminoso, preciso, bem tocado, mas... a precisar de perder o controlo. No dia em que encontrarem a força que senti e a liberdade com que tocaram a última música do concerto, sei que todos os ouvidos serão vossos. O mood, que nos remete para o indie rock dos anos 90, eleva o corpo e a mente e faz com que apeteça entrar num descapotável, na route 66 e pôr o álbum a tocar. Pé no acelerador, sentir o sol na cara e seguir por essa estrada fora a contemplar a paisagem. Belo.

Seguiram-se os Fujiya & Miyagi. Era o início dos anos 2000 e eles faziam parte de qualquer playlist que se prezasse. Ouviam-se em viagens de carro, noites de dança, dias de trabalho, house parties, jantares e conversas de amigos.

Fujiya & Miyagi, a banda de Brighton, Inglaterra, fortemente influenciada pelo movimento de vanguarda alemã, Krautrock, na linha de Can ou Neu!, são donos e senhores de uma precisão cirúrgica e de um minimalismo arquitectónico com uma amplitude que vai da forma como esculpem o seu som, à sua imagem cuidada, passando obviamente pela forma como se apresentam em palco. Na linha de uns Kraftwerk ou de uns Air, as suas actuações empurram-nos para um universo de esvaziamento emocional, onde a manipulação fácil, ditada pelas linhas harmónicas e ritmicas, secas e sintetizadas num efeito de movimento cadente, pulsado e sussurado através das vozes que, quase subliminarmente, parecem ditar a nossa percepção da realidade até à entrega total, sob forma de um estado de hipnose.

Caso para dizer: "we are the showroom dummies". E não nos importamos minimamente com isso. A viagem é boa. Confiamos em quem conduz. É fechar os olhos, deixar o corpo entrar na linha de montagem e dançar. Quando o som terminar, sem saber bem como, já estamos a chegar a casa. Thank you Mr. Miyagi!

ARTIGOS RELACIONADOS

Música

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: