MÚSICA

  • none
  • none
  • none

Fotografias: Pedro Almeida (Revista Tracker).

Foi mais um concerto de Mark Eitzel. Para quem já viu, já sabia o que esperar, um artista que dá tudo em palco, um verdadeiro soul singer como já não aparece nos dias que correm, com belíssimas canções a assaltarem os sentidos. Para quem viu o músico de S. Fransisco pela primeira vez, terá certamente ficado impressionado com a torrente de emoções que tomou conta do MusicBox naquela noite.

Acompanhado por três músicos competentes num formato que, nas mãos erradas, poderia resvalar para uma banda de hotel (piano, contra baixo e bateria), Mark Eitzel desfilou as suas canções doridas com uma entrega emocional desconcertante. A verdade desta música arrasta-nos para um turbilhão de matéria confessional, de confrontação com a dor que é, por vezes, estar vivo.

Eitzel conquista não só pela música, crua e intensa, mas também pela espontaneidade e sinceridade com que conta histórias e interage com o público. Conta-nos episódios soltos das suas experiências, como quando de forma desencantada nos diz que não é pessoa para se sentir à vontade em festas ou como quando sai à noite para beber um copo num bar ou clube, sente que ninguém que possa conhecer o vai salvar.

Entre a folk e o rock, os territórios que lhe são familiares, Eitzel serve um alinhamento competente sem surpreender quem já conhece bem o seu trabalho. Alternando canções dos American Music Club, a banda que lhe deu notoriedade, com temas dos seus álbuns a solo, o californiano foi intenso, com a sua voz envolvente a seduzir. I Love You But You´re DeadPatriot´s Heart foram particularmente tocantes, mas o melhor veio já no fim com soberbas interpretações de Blue And Grey Shirt e o Springsteeniano Bad Liquor, dois excertos dessa obra prima chamada California, velho álbum dos American Music Club.

Que Mark Eitzel se exponha em palco desta forma visceral, revelando uma autenticidade extraordinária, eis o seu maior triunfo.

ARTIGOS RELACIONADOS

Música

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: