MODA E BELEZA

  • none

O The September Issue (2009) surgiu mais ou menos na altura do boom dos blogs de moda e no momento em que os editores de revistas do género e muitos outros profissionais da indústria passaram de indivíduos desconhecidos do público a autênticas celebridades. De repente, qualquer pessoa que gostasse minimamente de moda sabia quem era Ana Wintour, Grace Coddington, André Leon Talley, Carine Roitfeld, Anna Dello Russo ou Edward Enninful. O documentário americano, fazendo parelha com O Diabo Veste Prada (este lançado três anos antes, em 2006), acabou por se tornar num clássico para todos os miúdos que tinham o sonho de um dia virem a fazer parte da cena mais “glossy” e comercial da indústria.

Com tanto sucesso, por que não repetir a fórmula?!

Em Dezembro de 2010, Carine Roitfeld anunciou a sua saída da Vogue Paris. Durante dez anos, foi editor-in-chief da mesma, tendo sido responsável por algumas das produções de moda mais icónicas e controversas de sempre. Pouco tempo depois de ter deixado as suas funções na revista francesa, Roitfeld anunciou que iria criar a sua própria publicação. CR Fashion Book, assim baptizada, chegou às bancas em Maio de 2012, expondo sobretudo trabalhos de novos talentos na área da fotografia e do design de moda.

A empresa responsável pela produção do The September Issue viu potencial nesta situação toda e decidiu investir num novo documentário. Mademoiselle C, que tem estreia marcada para Setembro deste ano, foi realizado por Fabien Constant e segue a trajectória de Carine Roitfeld após a sua saída da Vogue Paris. O trailer, que pode ser visto em seguida, leva-nos a crer que o filme se assemelha ao The September Issue, contudo, e como já se esperava, exibindo um ar mais francês, europeu. Vê-se mais moda e menos sensacionalismo, o que é bom.

Como é óbvio, não vou querer perder!

Moda e Beleza

Newsletter

Subscreva-me para o mantermos actualizado: