Top
UMBIGO

História

Lançada em junho de 2002, a revista explorou numa primeira fase o tema do corpo enquanto meio de expressão artística. Com o avançar do tempo, passou por várias mudanças, ampliando o seu raio de ação e tornando-se assim mais abrangente. Atualmente a Umbigo Magazine afirma-se no panorama editorial português como um projeto ímpar no campo da arte, moda e cultura, transformando-se desde o primeiro número num objeto de culto, colecionável e acarinhado por um número crescente de leitores.

Ao longo dos anos a atividade da UMBIGO estendeu-se também a projetos de curadoria de arte contemporânea, com exposições regulares em galerias e espaços não convencionais, nomeadamente a Galeria Fábulas no Chiado, a Plataforma Revólver para a qual fizemos a curadoria da exposição coletiva Pieces and Parts, e a organização da exposição de Joalharia Contemporânea On the Other Hand, comemorativa do 5º aniversário da PIN (Associação Portuguesa de Joalharia Contemporânea), na Galeria Reverso, Lisboa.

Do nosso currículo faz parte a presença no ano de 2002 na Trienal de Arquitetura e Design de Milão, como exemplo de boas práticas no campo editorial em Portugal, e a edição do livro Coordenadas do Corpo na Arte Contemporânea, escrito por Bárbara Coutinho, com prefácio de Eduardo Prado Coelho. Para essa edição convidámos uma série de artistas nacionais como Julião Sarmento, José de Guimarães, João Vilhena, entre outros, e internacionais, como Annie Sprinkle, Lenka Klodová ou Robert Flynt, a apresentarem trabalhos inéditos subordinados ao tema corpo. Em maio de 2014, a Umbigo Magazine (edição online) conquistou o Prémio de Bronze no Festival do Clube de Criativos de Portugal.

Após várias mudanças ao longo dos seus 17 anos de existência, a UMBIGO manteve-se fiel a uma imagem inovadora e a um espírito moderno pouco visto, mas passou também por uma transformação do conceito editorial. Esta mudança foi mais profunda e global, assentando de igual modo numa parceria estabelecida com a editora Sá da Costa – agora renovada e reafirmada. Desta forma, a UMBIGO transforma-se numa plataforma virada para os artistas e criativos, com o apoio de novos parceiros e do Ministério da Cultura Português, da Câmara Municipal de Lisboa e da Fundação Calouste Gulbenkian.

A UMBIGO é o resultado de uma curadoria atenta, combinando as novidades com os assuntos mais prementes, ao mesmo tempo que estabelece pontos para o enorme valor histórico, cultural e arquitetónico espalhado pelo mundo.

A UMBIGO está atualmente num processo de internacionalização, com a ambição de selecionar e mostrar o que de melhor existe na produção artística em Portugal e no estrangeiro, mantendo o seu conteúdo e design vanguardistas. É extremamente importante apresentar a revista em eventos internacionais, como feiras de arte e bienais, continuando o nível de excelência e consolidando a posição da UMBIGO como referência neste segmento em Portugal, da mesma forma que procura chegar a novos públicos internacionais.

Pelo seu design renovado e elegante, pela impressão de elevada qualidade, com artigos detalhados, sem que esqueça a sua ambição de complementar uma mesa de centro, a UMBIGO destaca-se dos demais meios de comunicação.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €24

(portes incluídos para Portugal)