Top

FEA Lisboa 2018

A arte contemporânea fez o seu percurso mais acutilante fora das instituições. Os movimentos e iniciativas independentes foram determinantes no desenvolvimento do trabalho de muitos artistas, mas, acima de tudo, na afirmação de uma vertente crítica inerente a esses trabalhos: crítica ao sistema da arte,...

A arte contemporânea fez o se...

Ler Mais

D. Valentim, o Sereno

Assim que viramos para a estrada que nos leva ao Palácio da Ajuda, sente-se o cheiro das árvores e ouve-se o canto dos pássaros. Por instantes, parece que o movimento frenético de Belém ficou muito para trás e não apenas à distância da Calçada da...

Assim que viramos para a estra...

Ler Mais

O mosaico da arte

A contemporaneidade é um mosaico atemporal e warburguiano. Pessoas, pensamentos, ideias, movimentos, expressões e manifestos coexistem numa composição celular que pode ou não ter forma, pode ou não fazer nexo. Não há linearidade. Não há tempo. Ou antes, é tudo em todos os tempos, em...

A contemporaneidade é um mosa...

Ler Mais

Miguel Palma. A-Z

A máquina. O motor, os cabos, a construção. Tornar visível o invisível. Cerca de 300 obras sobre papel que compõem o que o MAAT chama de desenho-instalação e que se reúnem sob o signo de antologia de Miguel Palma, assente no que é o seu...

A máquina. O motor, os cabos,...

Ler Mais

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

€18

(portes incluídos para Portugal)