Top

Maria Mergulhão, Messages in a Bottle no Museu Municipal de Faro

Maria Mergulhão, artista e poetisa portuguesa com formação em Belas-Artes em Londres a morar atualmente em Lisboa, apresenta no Museu Municipal de Faro a sua exposição Messages in a Bottle.

E é de muitas mensagens que a exposição é feita, mensagens essas que vêm da música pop, que com certeza ouve e que vive e transmite como se fosse a sua voz. Também a escrita de poesia da artista é uma voz forte que se sente na sua obra. E sentimos o poder dessa voz e o poder das imagens que não deixam ninguém indiferente, abusando dos florescentes, que saltam à vista na longa e estreita sala do Museu onde estão expostas, implicando uma grande proximidade do visitante com as obras, algo propositado e que muito agrada à artista.

Por detrás de cada quadro há uma história que sentimos, quase visceralmente, ao ver as imagens e ler as frases, de grande força, que tratam de experiências pessoais, relações amorosas, convenções, questões existenciais.

É ainda grande também a influência da Londres, que deixou nas suas obras de pintura e poesia, como se comprova no excerto de um seu poema incluído na folha de sala:

London you left,

And I wanted you inside me,

I wanted that ecstasy and that orgasm,

But Brexit despised me,

I need to mention that, frantically

In the about section in my website,

It was, again unrequited.

A betrayed friend,

World-wide seen,

So very clear sighted.

U.K. and my ID no longer United.

(Londres tu saíste,/ e eu queria-te dentro de mim,/ Eu queria aquele êxtase e aquele orgasmo,/ Que o Brexit desprezou,/ Eu preciso mencionar isto, freneticamente,/ Na secção about no meu website,/ Fui, outra vez, não correspondida./ Uma traição dum amigo,/ Mundialmente visto,/ Muito claro./ O Reino Unido e o meu ID não estão mais Unidos.)

Outra das maiores influências para o trabalho de Maria Mergulhão é o trabalho do artista Klimt, que a artista viu em pequena pela primeira vez e se apaixonou.

Também a poesia criada pela artista é muito importante na sua vida, sendo esta uma necessidade diária e uma forma de expressar cada acontecimento da sua vida, assim traduzido para forma artística, algo sempre muito presente.

É através tanto da pintura como da poesia que a artista se confessa e passa para o lado físico o que se passa a nível psicológico, devolvendo esses pensamentos de novo à vida.

Messages in a Bottle. Para ser visto até 23 de março de 2020 no Museu Municipal de Faro.

Joana Carmo licenciou-se em Línguas, Literaturas e Culturas, tendo em seguida frequentado uma pós-graduação em Mercados de Arte e Colecionismo. Atualmente é técnica superior do Museu Zer0 (museu de arte digital que se encontra em instalação no interior do concelho de Tavira) onde coordena o seu Serviço Educativo e Públicos.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

4 números > €24

(portes incluídos para Portugal)