Top

Exposição 289, uma manifestação artística

Uma manifestação artística, no sentido estrito do termo, requer nomes, muitos nomes; vozes, muitas vozes. Requer diversidade e multiplicidade; número e género; e, sobretudo, variedade de expressões, técnicas e meios por parte desses nomes, dessas vozes, desses artistas. Não importa se o discurso é todo ele unívoco ou convergente. Importa, sim, a energia resultante de manifesta reunião.

A Exposição 289 é um projeto de Pedro Cabrita Reis que proporciona, justamente, esta manifestação artística, com autores de várias gerações, uns convidados pelo próprio, outros convidados pelos convidados. Viral, contaminante, a exposição possibilita o encontro e a discussão, mas também o silêncio inerente a alguns trabalhos. De acordo com o texto expositivo, da autoria de João Pinharanda, “em nenhum caso pretendem estabelecer conclusões; cada voz (cada autoria) deverá permanecer irredutível, no seu território próprio – só assim poderá ser produtiva para si, para os outros artistas e para o público”.

Depois do projeto British Bar, Cabrita Reis sinaliza novamente a sua pulsão agregadora, juntando amigos e desconhecidos em prol da arte e nada mais que a arte. É esta, afinal, um traço característico do artista e da sua generosidade, indissociável muitas vezes da sua obra.

Para ver, de 14 de julho a 15 de setembro, na Associação 289, em Faro.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

€18

(portes incluídos para Portugal)