Top

Manuel Casimiro no Espaço Camões da Livraria Sá da Costa

Manuel Casimiro é um artista português com uma longa carreira que se divide entre a pintura, a escultura e a fotografia, sobre as quais desenvolveu uma linguagem muito própria, os chamados ovóides casimirianos.

Trabalhando a apropriação de imagens numa época – como Walter Benjamin frisou – de reprodutibilidade mecânica, Casimiro serve-se da imagética existente para nela criar uma outra. A fotografias antigas sobrepõe-se a pintura de formas e manchas bem delineadas que ocultam e, por esta via, revelam novos entendimentos, significados e significações.

Dia 10 de maio inaugura uma nova exposição de inéditos no Espaço Camões da Livraria Sá da Costa, com a curadoria de António Cerveira Pinto e produção de Ocupart, na qual se pode ter acesso a uma síntese do trabalho do autor. Em Estruturas, Índices e Protótipos, fotos, reproduções de pinturas antigas, livros, são usurpados da sua condição inicial para receberem ovos coloridos colocados em sítios estratégicos.

Paralelamente, é lançado um livro de artista – um suporte artístico que vai ao perfeito encontro da sua prática habitual acima mencionada – com a presença de Casimiro e o autor do texto, Jonathan Lahey Dronsfield.

A não perder, até 30 de maio.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência ao utilizador. Ao navegar no site está a consentir a sua utilização.Ler Mais
+