Top

Nova galeria em Lisboa

Inaugura dia 19 de janeiro a galeria francesa Jeanne Bucher Jeager em Lisboa.

Fundada em 1925, a Galerie Jeanne Bucher é tida como uma das galerias históricas de exposição de arte moderna em Paris e estende-se agora até Lisboa com mostras desse período adiante.

Jeanne Bucher foi uma visionária que expôs e protegeu nomes como Picasso, Gris, Arp, Ernst ou Kandinsky quando o modernismo ainda se pugnava em afirmar. Mas talvez o mais curioso para a história da arte portuguesa é o facto de ter sido Bucher a promotora do trabalho de Vieira da Silva depois de ter mudado residência para Paris.

O legado continuou com Jean-François Jaeger, com exposições de arte do pós-guerra, e é agora dirigida por Véronique Jeager que reafirmou o cunho contemporâneo da galeria, ao mesmo tempo que assume a nova designação dos espaços para Galeria Jeanne Bucher Jeager.

Les Naïfs, dos artistas André Bauchant e Louis-Auguste Déchelette, é a exposição inaugural do novo espaço em Lisboa e sinaliza a primeira expansão no sistema global da arte. Ambos integram a corrente naïf, ou “primitivos modernos”, e a escolha que aqui se mostra pretende dar a conhecer as várias vagas de artistas deste género e os motivos e temáticas abordadas que oscilam entre a paisagem, as cenas do quotidiano e o humor.

A Galeria Jeanne Bucher Jeager abre dia 19 de janeiro, na Rua Serpa Pinto, nº1, Lisboa, às 18:30h.

Assine a Umbigo

4 números > €24

(portes incluídos para Portugal)