Top

Azores Burning Summer 2017

Há algo nos Açores que convida à contemplação. O isolamento e a omnipresença dos elementos em toda e qualquer atividade confere uma aura mística aos lugares daquele arquipélago. As nuvens estão sempre presentes, o vento e a humidade também, o verde estende-se ao longo de vales imensos com horizonte no oceano, a terra é escura, vulcânica, fértil.

Não é de admirar, pois, que este seja um lugar ideal para a Land Art ou festivais ecológicos. O Azores Burning Summer é, portanto, o festival que procura precisamente sinalizar as ilhas açorianas como um destino para se experienciar Land Art, a paisagem natural e criar uma consciência ecológica através de diversos eventos, sendo que a música é o elo unificador.

O cartaz tem nomes reconhecíveis da música portuguesa (Capitão Fausto e Branko) e foi reforçado relativamente a edições anteriores; uma série de palestras e discussões vão introduzir temáticas ambientais e fomentar uma discursividade política em torno do ambiente; quatro instalações Land Art vão estar espalhadas por Porto Formoso e; uma mostra de carros elétricos pretende estimular a curiosidade sobre a tecnologia verde automóvel.

Azores Burning Summer decorre a 1 e 2 de setembro, no Porto Formoso, na Ilha de São Miguel. O evento termina com a habitual fogueira na praia como cerimónia de encerramento.

Umbigo
close-link