Top

Festival MADEIRADiG

A Ilha da Madeira já comprovou que para além de um destino turístico, é também uma das passagens obrigatórias para os que mais apreciam música alternativa. O MADEIRADiG tem vindo a consolidar-se como um festival de nomes e cartazes sérios da música eletrónica, ambiental e experimental, com uma dimensão visual também muito presente, ao longo de catorze edições.

O festival, que decorre entre os dias 1 e 4 de dezembro, é recebido no habitual auditório do MUDAS – Museu de Arte Contemporânea da Madeira, um lugar sobejamente valorizado pela sua integração na paisagem e pelo vasto horizonte de oceano que oferece. Este espaço e uma curadoria cuidada de artistas qualificam e tornam o MADEIRADiG ainda mais interessante do ponto de vista das artes performativas, do audiovisual e da arte contemporânea.

Até à data estão confirmados dois nomes: os australianos The Necks, que nos trazem o seu jazz experimental e de vanguarda, trinta anos de atividade e vários álbuns largamente elogiados pela crítica e; Carl Stone, um dos pioneiros da música eletrónica e de computador e um ávido manipulador e recolector de sons provenientes de diversas fontes que posteriormente transforma em enigmáticas paisagens sonoras.

O MADEIRADiG decorre dentre os dias 1 e 4 de dezembro, com vagas muito limitadas, pelo que apressem-se a comprar bilhetes, disponíveis a partir de 15 de setembro. Mais informações em www.madeiradig.com.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

€24

(portes incluídos para Portugal)