Top

Brunch Electronik – In The Park | Lisboa

A 2ª edição do Bruch Electronik – In The Park, em Lisboa, regressa para eletrificar e energizar as noites da capital e desta vez é a Tapada da Ajuda que confere ao festival um espaço cénico invulgar. Os palcos mantêm a formulação de Madrid, mas houve uma renovação da decoração, num lugar maior, mais sombras e sprinklers para refrescar os visitantes.

Os cartazes estão repletos de DJs e artistas nacionais e internacionais, de todas as variantes da música eletrónica, que de 23 de Julho a 8 de Outubro, todos os domingos, vão animar fãs e famílias.

Na verdade, o Brunch Electronik – In The Park não foge a esse formato familiar e o Petit Brunch foi criado a pensar nos mais pequenos, com atividades específicas, e uma série de food trucks e vendedores reforçam o prazer de participar neste festival. A ecologia é outra das preocupações dos organizadores, prevendo reduzir o lixo e a poluição produzidos pelos festivaleiros, com oferta de um cinzeiro portátil e reutilizável para depósito de beatas e cinzas.

Até à data já decorreram quatro dias de música e cor, um deles com lotação esgotada no qual atuaram nomes como Dave Clark, Maelstrom, Coroa Nova e ViL.

No próximo fim-de-semana, dia 20 de agosto, o cartaz recebe a Republique of Kittin, com destaque, claramente, para Miss Kittin que traz o electroclash e o synthpop do seu vasto repertório musical, mas também OXIA, John-e e HNRQ.

Miss Kittin é uma artista francesa que se celebrizou com os seus trabalhos em parceria com The Hacker e Felix da Housecat, contando com um total de seis álbuns editados e outros tantos EP’s e compilações. Do início da sua carreira ressaltam-se os títulos 1982 e Frank Sinatra, fluxos pulsantes de sons eletrónicos, batidas galvanizantes e letras minimais, de versos curtos e viciantes. Calling From The Stars é o seu mais recente álbum, com a mesma coerência sonora característica do techno e do electroclash, ao longo das 23 faixas e dois CD’s (sem dúvida um projeto longo) com quase duas horas para libertar o corpo e entregar o espírito à energia dos sons.

Destaque também para OXIA que traz o house e o techno francês a Lisboa, bem como uma série de clássicos e remixes que o tornaram num nome de referência, e com o qual colaboraram vários nomes entre os quais a já referida Miss Kitten, sua conterrânea também.

A saber: no próximo domingo, Miss Kittin, OXIA, John-e e HNRQ no Brunch Electronik – In The Park, na Tapada da Ajuda, a partir das 14h e com bilhetes desde €9.

Subscreva a nossa newsletter!


Aceito a Política de Privacidade

Assine a Umbigo

€24

(portes incluídos para Portugal)