Top

Prémios Fundação Carmona e Costa/AICA

A Fundação Carmona e Costa, em parceria com a Associação Internacional de Críticos de Arte (AICA), atribuiu na semana passada o Prémio de Crítica e Ensaística de Arte e Arquitetura a Maria Filomena Molder (1º Prémio com a obra Rebuçados Venezianos, da Relógio d’Água) e a Pedro Lapa e Diogo Seixas Lopes (2os prémios ex aequo com as obras Joaquim Rodrigo, a contínua reinvenção da pintura, da Documenta, e Melancolia e Arquitetura em Aldo Rossi, da Orfeu Negro, respetivamente).

O júri constituído por Ana Vaz Milheiro, Margarida Brito Alves e Miguel Wandschneider justifica a escolha destes autores sublinhando o “compromisso dos seus autores com um trabalho continuado de investigação e pensamento”, na esperança de abrir portas a futuras edições semelhantes de crítica e ensaio de arte e arquitetura.

A data de celebração e entrega dos prémios está ainda por anunciar, sendo que irá acontecer na sede da fundação em Lisboa.

Umbigo
Sem comentários

Escreva um comentário