Top

Jncquoi: um novo conceito em Lisboa.

Se Lisboa se tem aproximado cada vez mais dos grandes centros europeus como Paris, Milão ou Londres o Jncquoi (que se lê: je ne sais quoi) é a prova disso mesmo. Este novo conceito, inaugurado pelo Grupo Amorim Luxury, está inserido no coração da capital portuguesa no emblemático edifício do cine-teatro Tivoli (entre os números 182 e 188). O Jncquoi tem como principal missão criar experiências únicas de prazer social que acabam por estimular a exploração do lifestyle, da moda e da gastronomia.

Os três andares revestem-se pela impactante arquitetura do catalão Lázaro Rosa-Violán, responsável por obras como o restaurante-café Les Chouettes, em Paris. Nesta imponente decoração destacamos o Velociraptor ou a herança histórica do edifício com os quase centenários frescos na sala de jantar.

À entrada do número 182 encontramos dois corners e um bar-balcão (com capacidade para sentar 42 pessoas). O Delibar Jncquoi, o bar-balcão, é rodeado por uma garrafeira e mercearia gourmet com uma seleção dos melhores produtos nacionais e internacioanais. A informalidade deste primeiro espaço convida-nos a uma refeição mais ligeira que vem acompanhada por uma longa cara de bebidas e cocktails. Neste piso é ainda possível encontrar dois corners de marcas internacionais: um da editora Assouline onde é possível apreciar e adquirir os melhores livros de arte, moda, arquitetura, design ou fotografia, uma verdadeira tentação de cultura; o outro da conceituada pastelaria parisiense Ladurée, que por sinal é o primeiro balcão da marca em Portugal, aqui a pastelaria francesa satisfaz as delícias dos gulosos com os famosos macarons entre outras especialidades.

O Restaurante Jncquoi tem capacidade para 90 lugares sentados e com vista previligiada para a Avenida da Liberdade. A cozinha é aberta no centro e a carta tem assinatura do Chef António Bóia que tem para nos oferecer clássicos portugueses e internacionais com uma sosfisticação cheia de um je ne sais quoi que nos vai deixar, certamente, viciados à primeira garfada.

Pecado era terminar esta visita sem passarmos pela Fashion Clinic – Men, que agora encontrou uma nova morada. O espaço moderno e arrojado tem no seu portfólio grandes marcas de luxo como a Gucci, Valentino, Saint Laurent, Balenciaga, Dior ou Christian Louboutin. Mas se ainda se quiser mais exclusivo há ainda a private label da Fashion Clinic, a TIMELESS que apresenta um serviço de Tailoring para os homens mais exigentes, com a possibilidade de confecionar um blazer ou até um fato completo por medida e de acordo com a preferência de cada cliente.

A célebre “we always have paris” passou a ter mais sentido com a inauguração deste espaço, que se aproxima à famosa concept store francesa Colette. Para deixar bem claro esta aposta por parte do Grupo Amorim Luxury é uma espécie de parque de diversões das grandes marcas de lifestyle ou como os próprios o apresentam: “o enfant terrible das lifestyle brands”. Por cá dizemos felizes e contentes que é um bocadinho de Paris em Lisboa. Oh la la.

Rui Matos

Rui Matos, 21 anos. Um eterno sonhador e amante das novas tecnologias, da comunicação e das relações interpessoais. A moda, a arte, o cinema e a fotografia sempre foram o seu grande amor. Estudou Ciências da Comunicação e quer ser jornalista. No verão de 2016 estagiou na versão online da Vogue Portugal, o que considerou ser a prova de fogo para a decisão do seu futuro. A prova foi superada com sucesso e já não lhe restam dúvidas: este é o caminho a seguir.

close-link